segunda-feira, 16 de maio de 2016

Morre o cantor Cauby Peixoto — o ímpar


Morreu nesta terça-feira, 15 de maio de 2016, na capital paulista, o ímpar Cauby Peixoto, aos 85 anos de idade.
Dotado de uma voz grave, como os seresteiros de sua época de ouro, mas aveludada, diferente de tudo que se conhecia até então, não tardou para se destacar e ser aclamado pela crítica e pelo público como um showman. Além dos dotes musicais incontestes, ele era "visualmente impactante", com seus trajes e penteados extravagantes.
Para os menos familiarizados com os clássicos da música brasileira, aqui vai uma boa demonstração do espetáculo que era Cauby Peixoto:




Os seus maiores sucesso foram "BASTIDORES" e, especialmente, "CONCEIÇÃO".



Cauby gravou os maiores clássicos nacionais de seu tempo e dividiu o palco com grandes músicos. Porém, será eternamente lembrada sua parceria com Ângela Maria, com quem gravou pérolas memoráveis, tais como "BRIGAS":



Veja mais da biografia de Cauby Peixoto na Wikipédia.

O corpo do cantor está sendo velado no salão nobre da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (Ibirapuera, zona sul da Capital Paulista) com visitação aberta ao público.