domingo, 12 de outubro de 2014

Top 100 — música #30

Essa é uma daquelas da série "tijoladas no coração". Para Fechar a casa dos 30 itens da lista Top-100 das músicas românticas internacionais: "LOVE HURTS", com Nazareth.
Foi em 1960 que a dupla americana The Everly Brothers gravou pela primeira vez (veja aqui), mas sem muito "peso". Em seguida, já no ano seguinte, foi a vez do cowboy roqueiro Roy Orbison reproduzi-la (veja aqui), alcançando até um bom êxito. Na década seguinte, mais precisamente em 1973, a dupla Emmylou Harris & Gram Parsons (confira aqui) resgatou a letra composta pelo casal americano Felice Boudleaux e Diadorius Bryant, tirando-a do estilo rock para um cenário mais sentimental. Mas ainda não era o bastante para esse hit, tanto que em 1975 ela acabou caindo numa batida mais pop dance com Jim Capaldi (veja aqui). Parecia que a composição já havia dado o que podia...
E assim, muitos outros grandes nomes americanos e internacionais se arriscaram dar "o toque" que faltava para realizar o sucesso que os pretendentes criam ser possível com "LOVE HURTS". Pois esse toque foi encontrado pela banda de rock escocesa Nazareth — que é a que nós adotamos em nossa listagem.
Outras relevantes interpretações desse tijolaço: dueto ao vivo com Keith Richard (integrante da lendário banda Rolling Stones) e a doce Norah Jones (veja aqui); na linha de Nazareth, performance dramática com Cher (ver aqui); e com Joan Jett (veja agora).
Com todo o respeito às demais versões, o que Nazareth fez com "LOVE HURTS" foi absolutamente insuperável, saturando-a com um peso dramático jamais visto antes. A batida forte, o agudo vocal ao extremo e uma guitarra bem poderosa fez dessa interpretação um marcante hit — um tijolaço no coração, como todo apaixonado ama e odeia sentir.
Fiquemos com Nazareth:



* * *

"LOVE HURTS"
"O AMOR MACHUCA"

Love hurts, love scars, love wounds and marks
O amor machuca, o amor deixa cicatrizes, o amor deixa feridas e chagas
Any heart not tough or strong enough
Qualquer coração que não seja duro ou forte o bastante
To take a lot of pain, take a lot of pain
Para suportar muita de dor, suportar muita dor
Love is like a cloud, it holds a lot of rain
O amor é como uma nuvem, contém muita chuva
Love hurts, oh, oh love hurts
O amor machuca, ó, o amor machuca
I'm young, I know, but even so
Eu sou jovem, eu sei, mas mesmo assim
I know a thing or two, I learned from you
Eu sei uma coisa ou outra, eu aprendi com você
I really learned a lot, really learned a lot
Eu realmente aprendi muito, realmente aprendi muito
Love is like a flame it burns you when it's hot
O amor é como uma chama: te queima quando está quente
Love hurts, oh, oh, love hurts
O amor machuca, ó, o amor machuca
Some fools think of happiness, blissfulness, togetherness
Alguns tolos pensam em felicidade, plena felicidade e união eterna
Some fools fool themselves, I guess
Alguns tolos enganam a si mesmos, eu acho
They're not foolin' me
Eles não me enganam
I know it isn't true, I know it isn't true
Eu sei que não é de verdade, sei que não é de verdade
Love is just a lie made to make you blue
O amor é apenas uma mentira feita para te deixar triste
Love hurts, oh, oh love hurts
O amor machuca, ó, o amor machuca
Oh, oh, love hurts (3x)
Ó, o amor machuca

* * *

Muito machucado aí?
Esquenta não que na próxima postagem eu invoco um bom "remédio" para os que estiverem penando pelas feridas do amor: uma canção muito bela e ao mesmo tempo motivante, que nos faz crer no sentimento de amor.
Não perca!