quarta-feira, 8 de outubro de 2014

O fenômeno overtônico de Anna-Maria Hefele


Vi no site da revista Galielu a seguinte chamada:

A cantora alemã Anne-Maria Hefele possui uma impressionante característica: ela é capaz de cantar múltiplas notas – em diferentes tons — ao mesmo tempo. O fenômeno é conhecido como “canto overtônico”. “É uma técnica de canto onde a pessoa canta duas notas ao mesmo tempo”, conta Hefele.
Sabendo disso, a artista resolveu gravar suas perfomances a fim de mostrar ao mundo sua incrível qualidade. No vídeo abaixo, podemos ver como sua técnica é capaz de administrar uma nota muito baixa simultaneamente a uma nota de alta escala. Apenas sensacional.


Como ela faz isso?
Primeiramente, eu preciso dizer que a capacidade dela é excepcional, tanto pela originalidade (jamais ouvi algo parecido), quanto pela técnica (o fenômeno em si), quanto pela plástica (a beleza e agradabilidade com que ela utiliza o recurso).
Agora, decifrando o que ela faz, vemos que, na verdade, ela não "canta" duas notas ao mesmo tempo — e isso é, de fato, impossível , mas sim, ela canta uma nota (a "nota fundamental", de que ela fala) e assobia uma outra altura sonora (necessariamente o som mais agudo da harmonia).
O canto é essencialmente a produção fônica da manipulação das cordas vocais. Por sua vez, o assobio é uma espécie de apito, provocado pela ondulação do ar que sopramos mediante uma turbulência que criamos por uso de instrumentos como dentes, língua, dedos e etc. Tanto é que podemos criar assobios artificiais, por exemplo, da saída de um compressor de ar — o que não se aplica ao caso da voz humana.
Definições à parte, a capacidade de Anna-Maria é fenomenal.
Parabéns, Anna-Maria Hefele!