terça-feira, 22 de abril de 2014

Top 100 — música #51

O bolero — ritmo musical de origem da cultura latina e forte influência espanhola — é considerado como um dos estilos musicais mais românticos, próprio para ser dançado tipo "bochecha com bochecha", de passos curtos e suaves, tradicionalmente executado com cordas (violão, especialmente) — para melhor amarrar os corações?
Pois bem, o bolero esteve um tanto fora de foco da música internacional, saturado de novos recursos instrumentais, até que, nos anos 1980, surgisse no cenário mundial o porto-riquenho naturalizado mexicano Luis Miguel, inclusive, resgatando antigos clássicos latinos, dentre os quais eu trago a música que ocupa a posição #51 dentre as minhas 100 melhores canções românticas internacionais: "LA BARCA".

Quando em 1991 Luis Miguel lançou o álbum "Romance", uma faixa entrou em alto relevo: o clássico composto por Roberto Cantoral na década de 1950: "LA BARCA".
Também, pudera. Eis uma canção maravilhosa numa interpretação exuberante, tanto pelo talento deste cantor, quanto pela produção da faixa, que soube redesenhar o estilo bolero conservando a saliência tradicional do violão com um encorpamento moderno de sintetizadores e percussão.
Naveguemos ao som dessa preciosidade:


"LA BARCA"
"A BARCA"

Dicen que la distancia es el olvido
Dizem que a distância faz esquecer
Pero yo no concibo esta razón
Mas eu não acredito em tal razão
Porque yo seguiré siendo el cautivo
Porque eu seguirei um cativo
De los caprichos de tu corazón
Dos caprichos do teu coração
Supiste esclarecer mis pensamientos
Soubeste esclarecer meus pensamentos
Me diste la verdad que yo soñé
Me disseste a verdade que sonhei
Ahuyentaste de mí los sufrimientos
Afastaste de meu os sofrimentos
En la primera noche que te amé
Na primeira noite em que te amei
Hoy mi playa se viste de amargura
Hoje minha praia se cobre de amargura
Porque tu barca tiene que partir
Porque tua barca tem que partir
A cruzar otros mares de locura
A cruzar outros mares de loucura
Cuida que no naufrague en tu vivir
Cuidado para não naufragar em tua vida
Cuando la luz del sol se esté apagando
Quando a luz do sol estiver se apagando
Y te sientas cansada de vagar
E se sentir cansada de vagar
Piensa que yo por ti estaré esperando
Pensa que eu estarei te esperando
Hasta que tú decidas regresar
Basta que tu decidas voltar